CRV dá as boas-vindas à Dra Eveliny Eleuterio

A partir de janeiro, entre as unidades de Icaraí e Copacabana, as equipes de Ultrassonografia e Radiologia do CRV Imagem ganham o reforço da Dra Eveliny Eleuterio. Formada pela Universidade Estadual do Ceará, com residência pela Federal Rural do Rio de Janeiro e com pós-graduação em diagnóstico por imagem, Dra Eveliny conta nesta entrevista, dentre outras coisa, por que ingressou na Medicina Veterinária e o paciente que mais lhe marcou até hoje. Confira!

 

Dra Eveliny, há quanto tempo é veterinária e que cargo ocupará no CRV Imagem?

Sou veterinária há 3 anos e, no CRV, farei parte da equipe de Ultrassonografia e Radiologia.

 

Conte-nos um pouco sobre sua trajetória profissional até aqui.

Concluí minha graduação em 2013, em seguida ingressei como aluna de residência em diagnóstico por imagem na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Logo que concluí a residência, ingressei no mestrado na mesma universidade e, nesse tempo, também concluí uma pós-graduação em diagnóstico por imagem no IBVET-RJ. Trabalhei em clínica particular como ultrassonografista e radiologista e, hoje, estou aqui.

 

Amo Veterinária porque…

Os animais são os seres mais sensatos, sinceros, amorosos e verdadeiros que existem. Trabalhar com eles é muito gratificante.

 

Tem interesse especial por alguma área da veterinária?

Ainda dentro do diagnóstico por imagem, tenho interesse em aprender tomografia e endoscopia.

 


Ultra e RX: Dra Eveliny (à dir.) com Lambão, paciente de 16 anos.

 

Qual caso / paciente mais te desafiou? Por quê?

O caso mais desafiador para mim foi com o Hércules, um Rottweiler de 8 anos com melanoma oral. Eu estava concluindo a graduação, cheia de planos para atuar na área que hoje atuo, e o Hércules foi de fato meu primeiro paciente. Acompanhei toda sua trajetória clínica e assim pude aprender a lidar melhor com a dores do paciente e do tutor, a ter paciência, calma… Com ele pude fazer meus primeiros exames de imagem (radiografia e ultrassonografia) e perceber limitações de cada um e a necessidade do conhecimento de novas técnicas de imagem que poderiam auxiliar àquele caso.

 

O que te fez decidir integrar a equipe do CRV?

A busca por aprimorar meus conhecimentos, crescimento profissional e a vontade de atuar com pessoas reconhecidas na medicina veterinária.

 

Algum pet em casa? Quantos?

Dois! Uma cadelinha e um papagaio.

 

Obrigado, Dra Eveliny, e seja bem-vinda!

 

Comentários

comentários

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar