Castrar ou Não Castrar?

 

“Sim, castre!”, é o que você vai ouvir de 8 entre 10 veterinários.

Acontece que há algo de novo no reino da veterinária: a castração está deixando de ser uma unanimidade.

Então, se você é pai ou mãe de primeira viagem e ainda não sabe que decisão tomar, reunimos um bom mapa de mitos e verdades, prós e contras (bem mais prós que contras!) sobre a castração. Avante!

A esterilização em cães e gatos é um procedimento rápido, de 20 minutos a 1 hora, feito com anestesia geral. Ou seja, riscos são mínimos e sofrimento não é uma questão.

 

CORTANDO O MAL PELA RAÍZ. O câncer de mama é um dos mais comuns e agressivos entre cadelas e gatas. As fêmeas castradas conseguem driblar esse tipo de tumor e ainda eliminam as chances de câncer de ovário ou útero, retirados na castração.

QUANTO ANTES, MELHOR. Quando a castração é feita antes do primeiro cio, o câncer de mama praticamente não tem chance nenhuma.

 

HORMÔNIOS. A castração mexe com os hormônios ligados à reprodução delas e deles. E mexeu com o sexo, mexeu com quase tudo.

 

 

 

LIBIDO. As fêmeas param de entrar no cio e os machos deixam de correr atrás delas.

 

Sim. O apetite sexual deles é induzido por hormônios. E como os animais castrados não reagem a esses hormônios, o sexo é sublimado.

 

CRESCIMENTO. Taí um aspecto negativo da castração: os animais acabam crescendo mais do que o normal. Isso porque os hormônios da reprodução, que regulam a atuação dos hormônios do crescimento, já não são mais os mesmos.

 

Só se o dono permitir. A castração deixa o animal mais sossegado, o que pode levar a uns quilinhos a mais. Mas aí não tem mistério: é só você dosar a dieta do bichano!

 

 

Fica muito bem, obrigado. A gente explica: é que antes de nos precipitarmos no futuro, precisamos dar conta — hoje — dos 30 milhões de animais abandonados, isso só no Brasil. Quando a quantidade de animais de rua é quase 5x a população da cidade do Rio de Janeiro, a castração passa a ser uma questão de saúde pública.

Por isso, se estiver pensando em ter um animal de estimação, considere ADOTAR.

 

Hoje, uma corrente na veterinária acredita que há mais contras do que prós na castração. Portanto, antes de tomar uma decisão, converse com o veterinário.

 

Comentários

comentários

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar