2016: Caso Marcante por Dra Giovana Paladino

O ano que em breve chega ao fim foi recheado de casos desafiadores para a equipe de radiologistas do CRV Imagem. Casos que nos estimularam tanto técnica quanto emocionalmente, exigindo aquela dose extra de resiliência física e empatia por tantas histórias.

Dra Giovana Paladino, radiologista e ultrassonografista do CRV Imagem Icaraí, abre a nossa Retrospectiva 2016, contando um pouco sobre Caramelo, o felino de 4 anos. Para Giovana não foi uma escolha fácil: “Cada paciente me marcou de uma maneira. Foram tantos olhares, trocas de carinho, lambidas e soninhos na hora do ultrassom!”.

 

Dra Giovana, conte-nos um pouco sobre o paciente que mais te marcou em 2016.

O Caramelo, felino, de 4 anos, chegou ao CRV Imagem em caráter emergencial, apresentando dificuldade respiratória e necessitando oxigenioterapia durante o exame.

 

 

CRV-Retrospectiva-Giovana-Corpo-1

Caramelo: RX pré-drenagem.

 

Que exame foi feito e o que foi encontrado?

No RX torácico observei a presença de grande quantidade de líquido na pleura (efusão pleural), de caráter crônico, distribuído de forma assimétrica.

O Caramelo, então, retornou à clínica e realizou a toracocentese (drenagem do líquido torácico). Em seguida, voltou ao CRV para nova radiografia pós-drenagem.

Neste novo exame, notei que um dos lobos ainda se encontrava opaco, sugerindo neoplasia/abscesso pulmonar, associado a áreas de efusão pleural. Ainda observei presença de ar na pleura (pneumotórax), que poderia ser um novo achado ou secundário à drenagem.

Sugeri que o paciente fosse encaminhado à tomografia para que não tivéssemos o efeito de sobreposições de estruturas. Caramelo foi internado na clínica, onde notaram que a produção desse pneumotórax estava cada vez maior.

De volta ao CRV para a tomografia de tórax, Dr Mauro Caldas [coordenador do setor de Tomografia do CRV Imagem] e eu concluímos que a causa primária de todo o quadro estava na doença brônquica crônica agudizada. A tomo mostrou áreas de obstrução brônquica, o que predispôs o paciente à torção parcial de um dos lobos.

 

 

CRV-Retrospectiva-Giovana-Corpo-2

Caramelo: RX pós-drenagem.

 

CRV-Retrospectiva-Giovana-Corpo-3

Caramelo: tomografia.

 

CRV-Retrospectiva-Giovana-Corpo-4

Caramelo: tomografia.

 

Dra Giovana, por que este caso te marcou?

Caramelo era um gatinho super carinhoso e, mesmo estando em um quadro tão crítico, ele foi extremamente dócil. A relação com os donos e a veterinária, Dra Mariana Pereira de Moura, foi bastante colaborativa: trocávamos notícias todos os dias. Pude ver ali o comprometimento, competência e amor envolvidos no caso. 

Tecnicamente, o Caramelo me mostrou na prática o quanto as várias técnicas de imagem podem se complementar para encontrar um diagnóstico e mudar completamente o rumo do caso.  

 

 

Comentários

comentários

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar